Loja do Inter


Vitória na estreia de Mário Sérgio

Fonte: Site Oficial

Foi uma noite de estreia no Beira-Rio. Pouco mais de dois dias após o anúncio oficial, o técnico Mário Sérgio comandou pela primeira vez o Inter à beira do gramado. O ex-ídolo do meio-campo colorado na década de 70 contou com o apoio dos torcedores. Quando seu nome foi anunciado pelo sistema de som do estádio, não faltaram aplausos das arquibancadas.

O time teve alguns desfalques. O atacante Taison e o zagueiro Índio estavam suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Já o volante Sandro está com a Seleção Brasileira e só retorna na semana que vem. Alan Kardec e Giuliano estão brilhando na seleção sub-20 e também só retornam depois da participação do Brasil no Mundial Sub-20.

O time teve novidades no plano tático. A equipe atuou no esquema 3-6-1. Bolívar, Danny Morais e Fabiano Eller formaram o trio de zagueiros; Danilo e Kléber foram os alas; Guiñazu e Glaydson foram os volantes; Andrezinho e D´Alessandro os meias; Alecsandro era a referência no ataque.

O jogo

O Inter começou avançando com vários jogadores. Logo aos 55seg, Fabiano Eller apareceu pela ponta-esquerda e tocou em Andrezinho que cruzou para Alecsandro, mas o goleiro Glédson defendeu. Aos 4min, D´Alessandro cobrou uma falta da linha de fundo, a bola tocou no poste, no goleiro e quase sobrou para o ataque colorado. O meia argentino surpreendeu a defesa com o chute direto. Aos 6min, Irênio tentou o lançamento para Bruno Mineiro, que não alcançou na área. Um minuto depois, Anderson Santana chutou de fora da área, no ângulo, para grande defesa de Lauro para escanteio.

Aos 9min, Andrezinho cobrou falta para a área e Bolívar cabeceou ao lado do gol. D´Alessandro estava mais posicionado pela direita, enquanto Andrezinho atuava na faixa esquerda do gramado. Aos 10min, D´Alessandro recebeu na área, pela direita, driblou o marcador e cruzou para Alecsandro, na pequena área. Por pouco o centroavante não alcançou na segunda trave. Aos 13min, Glaydson roubou a bola na intermediária e chutou forte de fora da área no alto, passando perto. Foi um belo lance do volante colorado. No lance seguinte, Andrezinho avançou pelo meio e deu grande passe para Danilo, que recebeu na área e chutou no corpo do zagueiro.

O trabalho dos dois meias Andrezinho e D´Alessandro começava a aparecer com qualidade na partida. Os dois lideravam os lances de ataque colorados. Aos 15min, Andrezinho deu outro bom passe, desta vez para Fabiano Eller, que apareceu ao lado da área e cruzou, mas a zaga cortou. Aos 19min, Elton entrou livre na área, mas quando ia chutar, o zagueiro Bolívar salvou com carrinho providencial. Aos 21min, Andrezinho pegou sobra no bico da área, pela esquerda, e chutou para defesa de Glédson.

Aos 22min, D´Alessandro deu grande lançamento para Guiñazu, que entrou na área, e cruzou na medida para Alecsandro chutar de pé direito e marcar o primeiro gol colorado. 1 a 0.

Além do bom trabalho dos meias, os dois volantes Glaydson e Guiñazu também surgiam em jogadas como elementos-surpresa, roubando bolas e entrando até na área, como aconteceu no lance de Guiñazu para Alecsandro, no gol. Aos 28min, Andrezinho cobrou falta para Bolívar cabecear para o gol, mas Glédson defendeu. Aos 32min, Elton cobrou falta na barreira colorada.

Aos 35min, D´Alessandro arrancou pela direita, entrou a dribles na área e tocou bola perfeita para Alecsandro. O centroavante tentou ajeitar para concluir, driblou o goleiro e chutou para a zaga salvar na pequena área. Quase o segundo gol colorado. Aos 37min, Andrezinho deu lindo passe para Alecsandro, que entrou na área e chutou cruzado ao lado do gol. Outra grande chance colorada.

Aos 40min, Anderson Santana deu belo passe para Bruno Mineiro, que se antecipou à zaga e desviou no cantinho: 1 a 1. Já nos acréscimos do primeiro tempo, aos 47min, D´Alessandro desequilibrou. O jogador fez grande jogada, passou por dois e foi derrubado. Na cobrança de falta, o meia acertou o cantinho, cobrando no contrapé do goleiro Glédson. Foi o seu nono gol na temporada e o 13º gol com a camisa do Inter.

O Inter voltou para a etapa final com o mesmo time. O Náutico retornou com uma modificação. Entrou Johnny e saiu Negretti. Aos 50seg, Kléber lançou para Andrezinho, na área, que matou no peito, mas Asprilla salvou para escanteio. Aos 2min, Elton recebeu ao lado da área e chutou cruzado com perigo. A bola atravessou a pequena área e saiu pela linha de fundo. O Náutico tentava avançar e começavam a surgir espaços para os contra-ataques.

Aos 10min, Bruno Mineiro recebeu na esquerda e chutou prensado com Guiñazu, a bola saiu mascada e Lauro defendeu em dois tempos. Um minuto depois, Guiñazu recebeu pela esquerda e cruzou para Alecsandro, mas Asprilla salvou de cabeça, quando o centroavante estava pronto para a conclusão. Aos 13min, o D´Alessandro recebeu na direita e chutou por cima, dentro da área. Aos 16min, o argentino deu ótimo passe para Danilo, que entrou na área e chutou de pé esquerdo para defesa do goleiro. Aos 18min, D´Alessandro encontrou Andrezinho, na entrada da área, que chutou colocado e a bola passou muito perto. Os dois meias seguiam criando as melhores jogadas do Inter. Aos 19min, Bruno Mineiro arriscou da entrada da área, a bola desviou em Guiñazu e Lauro faz boa defesa para escanteio.

O jogo estava equilibrado com o Náutico tentando avançar, e o Inter com dificuldades para criar jogadas. Aos 25min, após bola cruzada na área do Inter, Asprilla tentou chutar de bicicleta, mas o lance já estava parado por impedimento. Aos 26min, D´Alessandro cruzou da esquerda, Fabiano Eller ajeitou para Danny Morais que tocou em Alecsandro, na pequena área. O atacante tentou a bicicleta, mas não conseguiu acertar a bola. Aos 28min, Nilson chutou de fora da área ao lado do gol, com perigo.

Logo depois do lance, Edu entrou no lugar de Andrezinho. Aos 32min, Danilo deixou o campo para a entrada de Maycon. Com a mudança, Glaydson assumiu a função de ala direita, enquanto Maycon ficou de volante.

Aos 35min, Patrick tentou recuar, mas a bola passou pelo goleiro, que se recuperou e salvou com um tapa em cima da linha. No rebote, Kléber chutou para defesa sensacional de Glédson. Aos 39min, Nilson recebeu na entrada da área e chutou cruzado para fora. Perigo para o Inter. Aos 40min, Márcio Barros foi lançado na área e quando ia chutar foi bloqueado de carrinho por Danny Morais. Aos 41min, em contra-ataque colorado, Alecsandro deu bom passe para Edu, na área, que girou e o goleiro Glédson defendeu. Aos 44min, a bola foi cruzada da direita e Asprilla cabeceou para defesa salvadora de Lauro. Que susto! O Náutico pressionava e o jogo ficava muito nervoso no final.

Mas aos 46min, o Inter confirmou sua vitória em um contra-ataque fulminante. D´Alessandro deu belo passe para Guiñazu, que arrancou pela direita e tocou em Glaydson. O volante achou D´Alessandro na área, que deu um toque sutil e perfeito para Alecsandro, na pequena área, só completar e marcar o terceiro gol. Uma linda jogada coletiva. Foi o 13º gol de Alecsandro do artilheiro colorado no Brasileirão e o 25º gol na temporada.

Fim de jogo. O Inter venceu por 3 a 1 e voltou para o grupo dos quatro classificados para a Copa Libertadores. O Inter subiu para terceiro lugar, com 47 jogos.

“Foi uma vitória dos jogadores”, disse o técnico Mário Sérgio.

“Hoje, o importante era a vitória para reverter a situação. E hoje isso começou”, disse D´Alessandro.

“O Mário Sérgio orientou cada jogador e tentou passar a confiança. Agora ele vai tempo para conhecer melhor o time”, afirmou Fabiano Eller.

“Ficamos uma série de jogos sem vencer e isso nao é bom para uma equipe grande como é o Inter. Agora temos que ficar buscando os 90 minutos. Nos defendemos, nos momentos difíceis, e matamos o jogo”, afirmou o presidente Vitorio Piffero.

“Não entendo vaia de colorado para colorado. É como se eu tivesse vaiando a mim mesmo. Não posso concordar com as vaias. Peço aos torcedores que apoiem o nosso Inter. No final do jogo, se não gostou, se expresse, mas durante o jogo, apoie. É um pedido”, completou o presidente.

“Tínhamos a obrigação de ganhar, então o emocional tinha um grande peso. Mas a equipe se superou e chegou à vitória. O que aconteceu de bom no campo foi criado pelos jogadores. O mérito é todo deles. Gostei muito do que vi”, afirmou o técnico Mário Sérgio.

“Quando a torcida estiver com o time novamente, nós vamos vencer e vencer bem”, projetou o técnico Mario Sérgio.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: