Loja do Inter


Inter luta muito, mas perde no Morumbi
29/10/2009, 11:09 AM
Filed under: 1 | Tags: , , , ,

Fonte: Site Oficial

Em um jogo marcado pelo equilíbrio, o Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo São Paulo, na noite desta quarta-feira, no Morumbi. O gol foi marcado já nos acréscimos do primeiro tempo, após uma cobrança de escanteio. O Inter lutou muito em busca do empate, criou boas chances de gol, mas não conseguiu evitar a derrota fora de casa. O time colorado está na quarta posição, com 52 pontos.

A partida começou bastante movimentada no Morumbi. Os dois times se alternavam em investidas no ataque, principalmente pelos lados do campo. Logo aos 45seg, Índio avançou em alta velocidade pela direita e fez lançamento para Daniel. O goleiro Bosco se antecipou e ficou com a bola. Aos 6min, Dagoberto tentou a enfiada de bola buscando Washington, mas Lauro chegou primeiro e fez a defesa. Aos 8min, Fabiano Eller cruzou da esquerda com efeito e Bosco espalmou para escanteio.

A forte marcação de ambos os lados acabava concentrando as disputas no meio-campo. O Inter não se intimidava na casa do adversário e mostrava ter boas opções na frente. Giuliano aparecia bem na articulação ao lado de D’Alessandro. Taison e Alecsandro se movimentavam bastante no ataque. O São Paulo jogava no erro colorado, avançando em rápidos contra-ataques. Entretanto, a zaga colorada estava bem posicionada e conseguia anular as investidas de Washington e Dagoberto.

Aos 17min, D’Alessandro cobrou falta do lado direito da área e quase abriu o placar. O argentino chutou direto ao invés de cruzar e Bosco quase foi traído. Teve que se esticar todo para defender parcialmente, e no rebote, a zaga conseguiu afastar.

A boa marcação aplicada pelo Inter induzia o São Paulo a errar muitos passes. Mas o time do Morumbi tinha mais posse de bola. As jogadas pelo lado esquerdo, com Jorge Wagner, eram um ponto forte do adversário. Aos 33min, um torcedor invadiu o gramado e o jogo teve que ser paralisado. Quando a bola pôde rolar novamente, D’Alessandro tentou o lançamento para a área buscando Giuliano, mas o passe saiu forte e a bola acabou sobrando para o goleiro Bosco.

O Inter quase abriu o placar aos 36min: Taison fez jogada de efeito e tocou para Kléber, que fez um passe na medida para D’Alessandro. O meia argentino invadiu a área e chutou para a grande defesa de Bosco com os pés. Aos 40min, Kléber fez boa jogada pela lateral esquerda e tocou para a entrada da área, onde D’Alessandro aparecia livre de marcação. O argentino, porém, não conseguiu o domínio e acabou sendo desarmado.

Já nos acréscimos, o São Paulo cresceu na partida. Aos 46min, Dagoberto penetrou perigosamente pelo lado esquerdo e Índio cortou para escanteio antes da finalização do meia-atacante. Aos 47min, em um lance de bola parada, o São Paulo chegou ao único gol da partida. Depois de uma cobrança de escanteio, a zaga não conseguiu cortar e Washington apareceu livre na segunda trave para abrir o placar. O atacante só teve o trabalho de desviar para o gol.

Foi um gol injusto pela atuação que o Inter teve na primeira etapa. O time colorado fez um jogo equilibrado com o São Paulo. Teve, inclusive, duas chances claras de gol, mas acabou sofrendo o duro golpe no finalzinho.

Ambos os times voltaram iguais para o segundo tempo. Aos 4min, Dagoberto fez boa jogada, invadiu a área pela direita e quase conseguiu a conclusão. Lauro fez boa defesa. O São Paulo tinha mais volume de jogo. O Inter se segurava atrás.

Aos 10min, o técnico Mário Sérgio colocou Marquinhos e Alan Kardec nos lugares de Taison e Fabiano Eller. Aos 12min, Alecsandro recebeu lançamento de D’Alesssandro, que escorou para Giuliano chutar para fora, da entrada da área. Aos 13min, Miranda por pouco não marcou um gol contra. O zagueiro deu um bico para o alto quase em cima da linha, evitando o gol na última hora. O próprio Miranda havia interceptado a bola no meio do caminho e se atrapalhou com o goleiro Bosco. Aos 16min, Índio recebeu cruzamento na área, dominou a bola com o peito e chutou de perna esquerda sobre o gol são-paulino.

O Inter pressionava pelo meio, mas tinha dificuldade em se aproximar do gol. D’Alessandro se destacava com muita movimentação e bom toque de bola no meio-campo. Aos 22min, ele arriscou um chute de longe, sobre o gol. Aos 24min, Daniel cruzou e Alecsandro quase conseguiu o desvio de cabeça. A zaga são-paulina acabou desviando para escanteio. Aos 28min, Alan Kardec cabeceou com perigo sobre o gol. Aos 30min, Daniel cortou para trás na tentativa de afastar a bola do interior da área e Washington chutou prensado para escanteio. O atacante estava de frente para o gol. Aos 34min, Andrezinho entrou no lugar de Daniel.

O chegou com força aos 36min. Andrezinho fez excelente passe para Alan Kardec, que chutou cruzado para a defesa parcial de Bosco. No rebote, Marquinhos chutou para nova defesa do goleiro são-paulino, que teve dificuldades para agarrar a bola. Foi a melhor chance do segundo tempo.

A partir de então, o São Paulo reforçou ainda mais o ferrolho em frente à área para garantir o resultado. A jogada aérea tornou-se, então, a principal opção do Inter, mas os zagueiros são-paulinos levavam a melhor. Nos acréscimos, o São Paulo soube reter a bola no ataque, não dando chances para o empate colorado.

“A gente sabia que este jogo seria decidido no detalhe. E foi em um lance de descuido nosso que o São Paulo conseguiu a vitória”, analisou Giuliano.

“Temos que levantar a cabeça. Estamos vivos no campeonato ainda. Nada está defindo”, disse Fabiano Eller.

“Lutamos muito e buscamos o gol até o final. Não é fácil de jogar aqui. Agora temos que pensar no Botafogo”, afirmou Sandro.

“Criamos diversas chances de gols, mas não conseguimos marcar. O resultado foi ruim, mas saímos fortalecidos para o próximo jogo, pois tivemos personalidade aqui no Morumbi”, observou Alecsandro.

“Jogamos bem, mas foi uma partida difícil. Ainda temos seis rodadas pela frente. Somos um grupo fechado que acredita muito no objetivo de conquistar o título”, disse Bolívar.

“Foi uma injustiça. O Inter jogou melhor nos dois tempos. Mas agora não adianta lamentar. Temos que pensar no Botafogo. Este campeonato está aberto, vai ser decidido somente na última rodada”, analisou o vice-presidente de futebol Fernando Carvalho.

“Seguimos a três pontos do líder. O campeonato está um perde e ganha. Lutamos o jogo inteiro, mas em um detalhe acabamos sendo surpreendidos. Agora vamos ter que vencer os jogos em casa e buscar pontos fora”, projetou o presidente Vitorio Piffero.

“Tivemos uma atuação tática praticamente perfeita. O time foi guerreiro. Se mantivermos este padrão, podemos seguir lutando pelo título. Queremos ser campeões, então vamos ter que arriscar tudo a partir de agora”, disse o técnico Mário Sérgio.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: