Loja do Inter


Inter surpreendido pelo Botafogo no Beira-Rio
03/11/2009, 10:22 AM
Filed under: 1 | Tags: , , ,

Fonte: Site Oficial

O Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo Botafogo, na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão. O time colorado sofreu um gol de falta logo no começo da partida, e apesar de ter pressionado muito até o final, não conseguiu buscar a reação. O Inter é o quinto colocado, com 52 pontos, e na próxima rodada enfrenta o Barueri em São Paulo.

O começo do jogo foi difícil para o Inter. Logo a 2min, Juninho cobrou uma falta da intermediária e marcou um belo gol. A bola entrou no canto direito. A abertura prematura do placar pelo time adversário obrigou o Inter a correr ainda mais sob o sol escaldante em busca do empate. Aos 8min, D’Alessandro cobrou falta, a bola foi rebatida pela defesa e Alan Kardec chutou em cima da zaga. No minuto seguinte, D’Alessandro cobrou nova falta pelo lado direito e o goleiro Jefferson defendeu pelo alto.

Após o gol, o Inter passou a tomar as iniciativas na partida. Tinha mais posse de bola no meio-campo, porém, não conseguia chegar à frente para finalizar. Os bons avanços de Daniel pela ala-direita eram a melhor alternativa na tentativa de se aproximar do gol. Aos 16min, Jobson entrou a dribles na área colorada, mas Bolívar afastou o perigo. Léo Silva pegou o rebote e chutou para defesa firme de Lauro.

O Inter quase empatou aos 20min: D’Alessandro cobrou escanteio e Alan Kardec cabeceou para defesa parcial de Jefferson. Na sequência, a zaga afastou para novo escanteio. Aos 22min, Kléber alçou bola na área e Daniel dominou sozinho no segundo poste. O lateral arriscou o chute mas o zagueiro do Botafogo brecou a finalização. No minuto seguinte, D’Alessandro recebeu passe no interior da área, partiu para cima da marcação e foi calçado. Pênalti não marcado pelo juiz! O time colorado pressionava. Aos 24min, Alecsandro desviou de cabeça, por cima do gol. Aos 26min, Sandro soltou a bomba da intermediária e o goleiro espalmou para frente. No lance seguinte, Alecsandro desviou de calcanhar um cruzamento e a bola passou próxima à trave direita.

Aos 33min, o Inter trocou passes até D’Alessandro cruzar da direita e Jefferson defender em dois tempos. Alecsandro e Alan Kardec pressionavam o goleiro pelo alto. Aos 35min, Jobson entrou na área desequilibrado mas conseguiu chutar para boa defesa de Lauro. Aos 41min, Juninho cobrou falta em posição idêntica ao lance do primeiro gol, mas desta vez Lauro defendeu firme no meio do gol. Já nos acréscimos, aos 48min, Alan Kardec desviou cruzamento de Kléber e Jefferson espalmou para escanteio em grande defesa.

No intervalo, Mário Sérgio promoveu alterações no time. Bolaños entrou no lugar de Daniel para exercer a função de ala-direiro. Andrezinho também foi a campo no lugar de D’Alessandro. Aos 2min30seg, André Lima roubou a bola no meio-campo e tocou para Jobson chutar com perigo ao lado do gol. Aos 3min50seg, Andrezinho cobrou falta e Alan Kardec subiu mais alto do que a zaga para cabecear nas mãos do goleiro. Aos 7min, André Lima recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Um minuto depois, Bolaños cabeceou ao lado do gol em uma boa chegada do Inter.

O time colorado lançou-se ao ataque na tentativa do empate. Aos 9min, Taison entrou no lugar de Índio. O atacante alternava-se com Bolaños na função de ala-direito. Aos 14min, um susto: o Botafogo fez boa troca de passes na área colorada até que Fahel chutou à queima-roupa para defesa sensacional de Lauro. O time carioca era perigoso nos contra-ataques. Aos 15min, Victor Simões, que havia entrado no lugar de Jobson, avançou em velocidade e chutou buscando o canto, mas Lauro fez defesa providencial com o pé para depois agarrar a bola em definitivo.

O jogo estava complicado. O Inter não conseguia passar pelo ferrolho armado pelos cariocas na grande área. Aos 30min, Taison soltou uma paulada da entrada da área e Jefferson fez grande defesa para escanteio. Logo depois, Sandro deu uma meia-bicicleta e o goleiro defendeu com tranquilidade. Aos 31min, Alecsandro recebeu passe dentro da área, matou no peito e chutou em cima do goleiro Jefferson, que novamente salvou o Botafogo. Aos 34min, Taison, de três dedos, encontrou Alan Kardec, que cabeceou perigosamente à esquerda do gol. Aos 38min, Kléber cruzou da esquerda e Jefferson espalmou de forma providencial, pois Bolaños aparecia livre para tentar o cabeceio.

O Inter apertava o Botafogo no seu campo de defesa nos minutos finais, mas não conseguia a concluir a gol. O time carioca se fechava totalmente. Restava forçar a jogada aérea, mas ela esbarrava nas precisas intervenções de Jefferson pelo alto. Aos 47min, Taison chutou cruzado da esquerda e Jefferson defendeu. Foi o último lance de perigo do jogo.

“Jogamos bem contra o São Paulo. Havíamos ganho o Gre-Nal, mas hoje não deu nada certo. Tem que trabalhar mais e levantar a cabeça”, afirmou Sandro.

“Acho que temos que buscar o objetivo mais próximo; no momento é a Copa Libertadores. O título está distante, mas vamos buscar enquanto der. Não podemos pôr a culpa no ataque ou na defesa. O time perdeu. Nosso grupo é forte por causa disso: por assumirmos que todos perdem e todos ganham. As críticas vão vir e a hora é da superação. O grupo está fechado para passarmos por isso”, observou Alecsandro.

“Nós sabíamos que, com o calor que estava hoje, seria um jogo difícil. Corremos porque nosso objetivo era os três pontos. A penetração por dentro não ocorreu e tentamos cruzar a bola para dentro da área, visto que o Alan Kardec e Alecsandro são jogadores altos de boa finalização de cabeça. Agora é pensar no Barueri”, disse Bolívar.

“Não adianta tentar arrumar desculpa. Nós não atuamos bem. Levamos um gol muito cedo. Tivemos uma pressão muito grande por parte da torcida, acabamos nos desconcentrando e não conseguimos vencer. Nós temos que reconhecer que todo mundo lutou até o final para tentarmos empatar e virar o jogo. Temos que colocar a cabeça no lugar, levantar nossa moral e seguir trabalhando. Não demos adeus ao título. Ainda há chances matemáticas de sermos campeão”, analisou o técnico Mário Sérgio.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: