Loja do Inter


Inter versão 2010 aplica goleada no Esportivo na estreia de Jorge Fossati
14/01/2010, 4:38 PM
Filed under: 1 | Tags: , , , ,

Fonte: Globoesporte.com

Começar com goleada é começar bem. No primeiro jogo sob o comando de Jorge Fossati, o Inter teve trabalho quase nulo para bater o Esportivo por 5 a 0 no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, na noite desta quarta-feira. Alecsandro, Taison, Giuliano, Glaydson e Thiago Humberto fizeram os gols da equipe colorada.

Fossati surpreendeu. Montou equipes diferentes das que treinou na pré-temporada, misturou titulares e reservas e utilizou 26 jogadores na partida, que teve dois tempos de 50 minutos, a pedido da diretoria colorada. O Inter jogou de branco no primeiro tempo e de vermelho no segundo.

O trabalho foi o teste mais forte do grupo que treina para a Libertadores da América. Antes, o elenco principal já havia batido o Inter B por 2 a 1 em jogo-treino. O time treinado por Jorge Fossati só deve estrear no Gauchão na quarta rodada. A pré-temporada em Bento Gonçalves termina no domingo, com mais um jogo-treino, desta vez contra a seleção amadora de Carlos Barbosa.

No primeiro tempo, 2 a 0

Jorge Fossati ensaiou o Inter no esquema 3-6-1 durante quase toda a pré-temporada, mas montou o time em outro sistema para o amistoso contra o Esportivo. Com titulares mesclados a reservas, o treinador optou pelo 3-5-2. Lauro, Índio, Sandro, Guiñazu, Kleber e Alecsandro, que sempre integraram a equipe principal treinada pelo uruguaio, foram acompanhados por Sorondo, Danny Morais, Nei, Andrezinho e Taison na etapa inicial.

O bom desempenho do Inter no primeiro tempo teve o adversário como elemento facilitador. O Esportivo é de outro nível – inferior, claro. Mas, mesmo com a ressalva da fragilidade do oponente, foi possível perceber alguns elementos da ideia tática de Fossati. A equipe colorada marcou com qualidade maior do que atacou. O sistema defensivo esteve agrupado. Por vezes, todos os 11 jogadores ocuparam o lado do campo defendido por Lauro. Como consequência, faltou gente no ataque.

Taison e Alecsandro estiveram afastados do meio-campo, composto por apenas um articulador, Andrezinho – até os 31 minutos, quando D’Alessandro entrou. Os alas saíram menos do que deveriam. Mesmo assim, o Inter fez dois gols, um com cada atacante.

O primeiro foi de Alecsandro. Aos 21 minutos, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para o camisa 9, que tocou de calcanhar na direção da rede. Foi um belo gol. Com o lance, o jogador calou as vaias que a torcida ensaiava contra ele em função de duas jogadas desperdiçadas. Depois, aos 27, Taison recebeu lançamento preciso de Kleber, fez boa jogada e mandou o chute. O goleiro espalmou para cima. E aí tomou um frango. Na queda da bola, ele deu novo toque, mas contra o travessão. A bola bateu, voltou nele e entrou.

Mudança total e mais gols no segundo tempo

Dos 11 jogadores que terminaram o primeiro tempo, só D’Alessandro voltou para a etapa final. Entraram Muriel, Danilo, Bruno Silva, Bolívar, Fabiano Eller, Arilton, Wilson Mathias, Glaydson, Giuliano e Edu. O time passou para o 3-6-1, mas com duas esquisitices: Arilton, que é lateral, na zaga; e Fabiano Eller, que é zagueiro, na ala.

Giuliano e D’Alessandro passearam pelo meio. Eles tiveram espaço para trabalhar a qualidade deles. Aos 21 minutos, Wilson Mathias tramou jogada com Fabiano Eller e acionou Giuliano na área. O meia concluiu de primeira para o gol: 3 a 0.

Pouco depois, saiu mais. O ataque colorado envolveu a defesa do Esportivo até a bola chegar dentro da área para Glaydson. De cara com o goleiro, o volante tocou alto, perto do ângulo. Virou goleada.

E saiu mais. Giuliano, o melhor em campo, ainda teve tempo de fazer linda jogada e acionar Thiago Humberto. O meia chutou forte, com precisão, para o fundo do gol. Foi o último gol de uma noite de bons prenúncios para os colorados. Afinal, começar com goleada é começar bem.

ESPORTIVO 0 X 5 INTERNACIONAL

Data: 13 de janeiro
Local: Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves
Árbitro: Francisco Silva Neto (RS)
Auxiliares: Jorge Cardoso (RS) e Alduíno Mocelin (SP)
Cartões amarelos: Robson (Esportivo); Nei, Bolívar (Inter)
Gols: Alecsandro, aos 21, e Taison, aos 27 minutos do primeiro tempo; Giuliano, aos 21, Glaydson, aos 23, e Thiago Humberto, aos 36 minutos do segundo tempo

ESPORTIVO
Fernando, Darzone, Diego Borges e Renato; Vagner, Zé Leandro, Ademir, Terrão e Civardi; Flaviano e Robson.
T: Celso Freitas

INTERNACIONAL
Lauro (Muriel), Índio (Danilo), Sorondo (Bolívar) e Danny Morais (D’Alessandro/Marinho); Nei (Bruno), Sandro (Wilson Mathias), Guiñazu (Giuliano/Talles Cunha), Andrezinho (Glaydson/Maycon) e Kleber (Arilton/Thiago Humberto); Taison (Fabiano Eller) e Alecsandro (Edu).
T: Jorge Fossati

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: