Loja do Inter


Um time de possibilidades para treinar o Inter
02/06/2010, 8:35 PM
Filed under: Sem categoria | Tags: ,

Fonte: Gazeta Esportiva

O banco está vazio, mas o time está completo. A vaga aberta é boa. O elenco é qualificado e está na semifinal da Libertadores. O emprego é tentador. Mesmo assim, o Inter encontra dificuldades para encontrar o seu novo técnico. A lista de possibilidades é grande. Dá um time inteiro, de um a 11. Do goleiro ao ponta esquerda.

A direção trabalha em sigilo, blindando o clube das especulações. Os dirigentes garantem que sabem quem querem. Porém, a contratação não deverá ser imediata. Não há não há data estipulada para o anúncio, entretanto, facilitaria se o escolhido puder estar no Beira-Rio em 17 de junho, quando inicia a inter-temporada colorada.

Existem nomes de todos os tipos, dos mais rodados aos menos rodados. Os jogadores sabem que perfil gostariam de ter no comando. “Nosso grupo é de qualidade e de jogadores multicampeões. Seria bom se viesse um treinador vitorioso e experiente numa hora dessas”, opinou o zagueiro Bolívar, uma das lideranças do grupo.

Confira o time de possibilidades do Inter:

1. Abel Braga – Era o número 1 da lista. Campeão da Libertadores e do Mundial pelo clube teria fácil aceitação da torcida. Entretanto, seu retorno se tornou inviável. Para tirá-lo do Al-Jazira, o Inter precisaria desembolsar 2,3 milhões de dólares para pagar a multa rescisória.

2. Adílson Batista – É o nome que ganha força no momento. Neste caso, o “porém”, é a vontade da direção do Cruzeiro em mantê-lo no comando da Raposa, apesar da eliminação na Libertadores. Mesmo tendo sido jogador colorado, Adilson possui maior identificação com o Grêmio, onde conquistou a Libertadores como capitão da equipe. Sua relação com o Tricolor traria problemas de aceitação entre os torcedores.

3. Mano Menezes – Iniciou sua carreira nas categorias de base colorada. Pagar a multa rescisória por quebra de contrato com o Corinthians seria o maior empecilho para sua contratação.

4. Nei Franco – Atualmente no Coritiba, Nei foi indicado por conselheiros ao vice de futebol Fernando Carvalho. Seu nome havia sido especulado no ano passado, quando Tite foi demitido.

5. Falcão – Ídolo eterno do Inter. Teria aceitação total da torcida. A direção diz não haver possibilidade de contratá-lo, pois no momento o objetivo é acertar com um treinador na ativa. Falcão não esconde o seu desejo de voltar a comandar uma equipe de futebol, o que facilitaria uma negociação.

6. Geninho – Por muito tempo foi admirado pelos dirigentes. Nos últimos tempos, sua cotação caiu, sendo taxado como um treinador ultrapassado.

7. Cuca – Livre no mercado, Cuca teria pouca aceitação entre a torcida. Seu temperamento depressivo é o principal fator para a rejeição. No Rio de Janeiro, Carvalho chegou a conversar com Branco, dirigente do Fluminense na época de Cuca, sobre o trabalho do ex-jogador de Inter e Grêmio no Tricolor das Laranjeiras.

8. Mário Sérgio – Seu nome tem aceitação total do grupo de jogadores, mas, segundo Fernando Carvalho, os atletas não serão consultados na hora da contratação. Assumiu o Inter na reta final do Campeonato Brasileiro passado, tendo boa campanha.

9. Nelsinho Batista – É do agrado da direção e execrado pelo torcedor. Atualmente no Kashiwa Reysol, do Japão, ele tem uma multa rescisória estipulada em US$ 1,5 milhões, dificultando sua contratação. Quando trocou o Inter pelo Corinthians, nos anos 90, Nelsinho disse estar voltando a um clube grande ao ser apresentado no Timão. A declaração é lembrada com constância e ódio pelos colorados.

10. Luis Felipe Scolari – Seria o camisa 10 do time. Um sonho dos dirigentes. Desempregado, Felipão irá comentar a Copa por uma rede de televisão sul-africana, podendo assumir somente em julho. O treinador diz não ter conversado com ninguém do Inter e afirmou ser “maluco-beleza” quem citou que seu salário no clube seria de R$ 720 mil. Seu futuro deverá ser na Europa. Caso retorne ao Brasil, o Palmeiras é sua primeira opção.

11. Enderson Moreira – É o técnico interino. Seria um ponta esquerda no time das especulações, ficando próximo do banco, tanto para assumir como para ser contratado. Para ser efetivado, Enderson precisa ter bons resultados nos próximos jogos. Atuações convincentes nas partidas restantes antes do Mundial e negociações frustradas podem fazer com que receba uma chance efetiva.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: